ELEIÇÕES 2018: Senado discutirá votos brancos e nulos

Brasil, Brasília - DF, Política

Nesta sexta-feira, 20, a partir das 9h30, a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal (CDH) realiza audiência pública para debater o processo eleitoral de 2018, com foco no combate ao voto branco e nulo e à abstenção.

De acordo com o requerimento de audiência apresentado pelo Senador Paulo Paim (PT/RS), as campanhas de grupos descontentes com a política brasileira em votos branco ou nulo nas eleições de outubro é um equívoco: “Se com isso eles acham que vão combater a corrupção, não vão, porque quem é corrupto compra o voto. ” O Senador acredita que o caminho é o fortalecimento da democracia: “uma forma de combater a corrupção, o desvio, o desmando, enfim, a falta de ética é apostar, sim, na democracia. É nós fortalecermos. ”

Foram convidados para a reunião o ex-Ministro da Justiça, Eugênio Aragão; os representantes do Tribunal Superior Eleitoral e do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral – IBRADE, Gustavo Severo; o Diretor de Documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – DIAP, Antonio Augusto Queiroz; o fundador do Congresso em Foco, Sylvio Costa; o Professor da Universidade de Brasília – UnB e autor do livro ‘Burla Eletrônica’, Pedro Rezende; os advogados Samuel Gomes dos Santos e Renato Ribeiro de Almeida; além do Procurador do Estado do Mato Grosso do Sul, membro da Associação Pátria Brasil, Felipe Marcelo Gimenez.

A audiência é de caráter interativo e qualquer cidadão poderá participar enviando perguntas e comentários por meio do Portal e-Cidadania ou do Alô Senado, no telefone 0800 61 22 11.

Link da audiência: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoaudiencia?id=13390

Ricardo Vaz

ecidadania@senado.leg.br