Mudança de combustível para deixar o ar mais limpo

Brasil, Meio ambiente, Saúde, Tecnologia

A Hamburg Süd e a Electrolux estão reduzindo as emissões de dióxido de enxofre para promover a sustentabilidade na cadeia de transporte

Hamburgo, 09 de abril de 2018 – A Hamburg Süd e seu cliente sueco Electrolux estão se unindo para reduzir as emissões de dióxido de enxofre nos portos. Durante suas escalas em Manzanillo (México), Callao (Peru), Iquique e Puerto Angamos (Chile), entre os dias 11 e 24 de março, o navio ‘Santa Catarina’ (7.114 TEUs) utilizou voluntariamente o Marine Gas Oil (MGO), considerado um combustível mais limpo, em substituição ao óleo padrão (HFO), para operar seus motores auxiliares e caldeiras. Ambos devem funcionar no porto para fornecer eletricidade e calor ao navio.

A Hamburg Süd e a Electrolux já realizaram anteriormente uma ação similar de substituição de combustível, contribuindo, assim, para a proteção do meio ambiente e da saúde. Devido ao teor de enxofre significativamente menor do MGO, as emissões de dióxido de enxofre no transporte de cargas da Electrolux em questão diminuirão em mais de 95%. O projeto está sendo financiado pelas duas empresas. Enquanto a Electrolux arca com os custos adicionais para utilização do MGO, a Hamburg Süd assume as despesas adicionais com operações relacionadas ao planejamento e à troca de combustíveis.

“Quando se trata de sustentabilidade, reduzir as emissões para proteção ambiental é de suma importância para nós, da Hamburg Süd”, diz o Dr. Arnt Vespermann, CEO da Hamburg Süd. “Ao mesmo tempo, estamos mostrando que a companhia está utilizando soluções inovadoras para atender às necessidades de nossos clientes, por meio de um processo colaborativo”, comenta.

A fase piloto deste projeto conjunto de sustentabilidade foi lançada na Primavera de 2017. Nos quatro portos já mencionados – ao contrário daqueles do Mar do Norte e do Mar Báltico, e das Áreas de Controle de Emissões Norte-americanas (ACE) -, mudar de combustível de HFO para MGO não é obrigatório.

“As emissões de dióxido de enxofre são uma questão ambiental importante em algumas comunidades em torno das cidades portuárias onde enviamos nossos produtos. Com essa parceria, estamos mostrando como a indústria pode avançar mais rapidamente do que a legislação para melhorar a qualidade do ar nos portos. Esperamos que mais empresas se integrem a este projeto”, afirma Bjorn Vang Jensen, vice-presidente de Logística Global da Electrolux. “Esta ação reforça o nosso desejo de investir em programas ambientais na  cadeia de transporte – uma das principais metas dentro da estratégia de sustentabilidade chamada For the Better“, comenta.

Sobre Hamburg Süd
Hamburg Südamerikanische Dampfschifffahrts-Gesellschaft ApS & Co KG – Hamburg Süd para abreviar – está entre as dez maiores marcas de contêineres de todo o mundo e faz parte da Maersk Line, a maior empresa de transporte de contêineres do mundo. Funcionários bem treinados em 250 escritórios espalhados por mais de 100 países garantem que os clientes recebam soluções logísticas adaptadas às suas necessidades individuais. Fundada em 1871, a Hamburg Süd goza de uma presença global como marca de qualidade com a subsidiária brasileira Aliança Navegação e Logística. A Hamburg Süd é uma das 5 melhores marcas do mundo, uma das líderes do mercado de transporte Norte-Sul e atende todas as vias importantes do Oriente-Oeste. No ramo de navegação sem rota regular (tramp), a Hamburg Süd opera graneleiros e petr oleiros de produtos sob os nomes Rudolf A. Oetker (RAO), Furness Withy Chartering e Aliança Bulk (Aliabulk). Padrões de alta qualidade, serviço confiável, um toque pessoal e sustentabilidade fazem parte dos valores da marca Hamburg Süd. Mais informações na Internet em hamburgsud.com.

Assessoria de Imprensa
DFREIRE Comunicação e Negócios – www.dfreire.com.br 
Élida Gonçalves – elida@dfreire.com.br
Luciana Abritta – lucianaabritta@dfreire.com.br
Debora Freire – debora@dfreire.com.br
Tel. (11) 5105-7171