Modernização dos serviços públicos é tema de Smart City Expo Curitiba

Paraná, Política, Tecnologia

Painel reuniu especialistas em tecnologia e administração pública para apresentar tendências e cases

A tecnologia é uma grande aliada da administração pública, ainda mais se utilizada para tornar as cidades inteligentes e incentivar a inovação. O tema e sua aplicação em Curitiba (PR) e Florianópolis (SC) foi abordado no painel “Modernização dos serviços públicos”, que aconteceu no dia 1.º de março, na Smart City Expo Curitiba. Também foram abordadas as Parcerias Público-Privadas (PPP) e apresentada a Solução de Atendimento do Cidadão, desenvolvida pelo Instituto das Cidades Inteligentes (ICI).

Mediado pela fundadora da Smart Cities Talks, Stella Hiroki, o painel contou com a participação do superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Marcus J. Rocha; do diretor-presidente da Celepar, Jacson Carvalho Leite; do assessor de mercado do Instituto das Cidades Inteligentes, Amilto Francisquevis; do representante da Dataprom, Werner Surkamp; e do sócio da VG&P Law Firm, Fernando Vernalha. Além de apresentar os desafios relacionados às cidades inteligentes, os participantes mostraram as soluções existentes para alguns dos principais problemas, como gerenciamento de dados, integração de sistemas, fomento à tecnologia e objetivos de parcerias para resolução dos problemas da sociedade.

Com a urbanização sendo cada vez mais frequente, as cidades terão que se reavaliar para oferecer qualidade de vida aos cidadãos. Segundo dados apresentados por Amilto Francisquevis, 66% da população deve viver nos centros urbanos em 2050, sendo que 51% desse montante viverá em cidades com mais de 5 milhões de pessoas. “Mobilidade e saúde serão alguns dos pontos de atenção, e o investimento em capital humano e tecnologia será o caminho para possibilitar a qualidade de vida”, citou Francisquevis. O assessor de mercado ainda comentou que o melhor aproveitamento dos recursos naturais será essencial para o futuro, assim como ter uma governança mais participativa: “As pessoas têm que ser envolvidas, e são elas que vão auxiliar na construção de cidades mais inteligentes”.

Para tornar a população mais próxima da gestão das cidades, o ICI possui a Solução de Atendimento ao Cidadão, ferramenta que possibilita que o usuário faça desde solicitações a denúncias para as prefeituras. Possível de ser acessada por telefone, chat, portal e mobile, a solução mapeia as principais demandas dos cidadãos relacionadas à gestão pública, possibilitando o encaminhamento direto para as áreas responsáveis. Sobre o assunto, o assessor de mercado adiciona: “Falamos em IoT, que é Internet das Coisas, mas eu acredito muito em IoP, que é a Internet das Pessoas. Cada vez mais, elas também serão responsáveis pela geração de dados, vitais para os gestores públicos busquem soluções mais inteligentes para todos os cidadãos”.

Sobre o ICI

O ICI – Instituto das Cidades Inteligentes é uma organização criada em 1998, com atuação em todo o território nacional, referência em pesquisa, integração, desenvolvimento e implementação de soluções completas para a gestão pública. Mais informações: www.ici.curitiba.org.br.

Central Press

centralpress@centralpress.inf.br